GE garante segurança energética nos Jogos Rio 2016

Mai 1, 2016
Arenas de competição e estruturas fundamentais para a transmissão dos Jogos serão equipados com sistemas de back-up em caso de falha elétrica
 
Apertar o botão on do controle remoto e assistir aos melhores atletas do mundo batendo recordes e escrevendo novos capítulos na história dos Jogos Olímpicos parece um ato simples e sem grandes esforços. Porém, por trás dessa ação há equipes e estruturas gigantescas trabalhando ininterruptamente para garantir o pleno funcionamento de arenas esportivas e de centros de operação e transmissão. Para garantir a segurança energética dos Jogos Rio 2016 e levar o evento a mais de 5 bilhões de pessoas globalmente, a GE fechou acordo com o Comitê Rio 2016 para o fornecimento de mais de 3 mil unidades de UPS (Fonte de Alimentação Ininterrupta, mais comumente conhecidos como No-Breaks). 
As UPS funcionam como fonte secundária de energia e alimentam temporariamente os dispositivos que estão ligados a eles no caso de falhas ou instabilidade na rede elétrica até o acionamento de geradores. Em geral, os equipamentos são utilizados em aplicações críticas que requerem alto nível de confiabilidade e redundância, como hospitais, aeroportos e data centers. No contexto olímpico, eles serão instalados em locais de competição e em centros de operação e transmissão, suportando a realização do evento e a sua transmissão globalmente.
“A utilização de UPS é um componente chave na realização dos Jogos Rio 2016. É a garantia da qual precisamos para levar o maior espetáculo esportivo do mundo a bilhões de pessoas em diferentes lugares do mundo, inclusive no próprio Rio de Janeiro”, comenta (representante Comitê). Recomendo Hilario Portes, head de energia do Comite Rio 2016. Parte das UPS fornecidos pela GE já estão operando em eventos teste que antecedem os Jogos Olímpicos. O Aquece Rio, programa que envolve 45 disputas esportivas realizadas nas mesmas instalações dos Jogos, simulam todas as operações que envolvem as competições. Além dos equipamentos instalados em arenas, a GE também forneceu pacotes de UPS para a sede do Comitê Rio 2016 e para o Centro Internacional de Transmissão (IBC, na sigla em inglês), ambas estruturas fundamentais para a realização do maior evento esportivo do mundo.
 
Energizando o “coração” dos Jogos
No caso do IBC, a solução fornecida pela GE será ainda mais estratégica por suportar o “coração” dos Jogos Olímpicos, de onde são geradas imagens que alimentarão a programação de veículos de comunicação globalmente. O local abrigará cerca de 10 mil profissionais responsáveis pela operação de cerca de 180 emissoras de TV, rádio e portais de internet licenciados ou sublicenciados para transmitir os Jogos, o que deverá gerar mais de 6 mil horas de conteúdo, veiculados em 226 territórios diferentes. 
Além do sistema de segurança energética, o IBC também foi equipado com pacote completo da GE de distribuição elétrica, contemplando transformadores, painéis de baixa e média tensão (QuiXtra, SEN Plus, SecoRMU e SecoGear) e componentes menores embarcados na estrutura fornecida. 
Adicionalmente, a GE contará uma equipe in loco de aproximadamente 35 pessoas distribuídas em diferentes localidades para atingir a melhor desempenho do sistema elétrico durante os Jogos. Isso inclui a operação de um centro remoto de monitoramento e diagnóstico recebendo dados em tempo real sobre o desempenho do sistema de segurança energética.
“Para a GE é motivo de imenso orgulho contribuir ativamente com a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Além de projetos em energia, temos contribuído com soluções em saúde e iluminação que não somente ajudarão a realizar os melhores Jogos da história, mas que também se traduzirão em um enorme legado para o Rio de Janeiro”, comenta Alfredo Mello, líder comercial da GE para os Jogos Olímpicos. Ao todo, a empresa almeja atingir o marco de cem projetos realizados no contexto dos Jogos.